Bookmark e Compartilhe
Notícias
Psiquiatria infantil perde um precursor

Por: ZERO HORA.com

15 de setembro de 2009

ZERO HORA.com RS - www.zerohora.com

Data original: 10/07/2009

Psiquiatria infantil perde um precursor

Salvador Celia morreu ontem, aos 68 anos, vítima de um câncer de intestino na Capital

Poucos psiquiatras gaúchos foram tão premiados no Exterior como Salvador Celia. Ultimamente dando aulas na Capital, em Montevidéu e em Paris, ele morreu ontem, aos 68 anos. O médico foi vítima de um câncer no intestino recentemente descoberto.

Um dos precursores da psiquiatria infantil no Estado, Célia notabilizou-se dentro e fora do Brasil demonstrando que a saúde mental precisa ser cuidada desde os primeiros anos de vida do bebê. Não esperar pelos problemas psíquicos, mas preveni-los com o reforço dos laços afetivos entre a mãe e a criança foi um de seus grandes legados para a legião de médicos que ajudou a formar como professor.

Egresso da UFRGS, fez especialização nos EUA e voltou ao Estado para fundar o Instituto Leo Kanner, no final dos anos 70. O local tornou-se ponto de referência na especialização de psiquiatras da infância.

Era no instituto que ainda dava aulas, além da Ulbra, dividindo-se também entre as universidades do Uruguai e da França. Médicos que acompanharam a carreira de Celia destacam sua visão comunitária da psiquiatria, colocada em prática quando comandou o Centro Vida, na zona norte de Porto Alegre.

– O conceito dele de que a psiquiatria precisa ser comunitária, social, o tornou reconhecido no mundo inteiro. Era impressionante ver como era requisitado para palestras em universidades de fora, principalmente de Portugal – lembra um de seus grandes amigos, o psiquiatra e escritor Celso Gutfrind.

O médico idealizou a Semana do Bebê, realizada em Gramado, que está em sua 10ª edição e que acabou adotada em outras cidades. No evento, um dos principais focos de estudo do psiquiatra era colocado em prática, o reforço do apego entre mãe e bebê. Para ele, essa ligação podia aumentar a resiliência da criança e do futuro adulto, termo oriundo da Física, mas que foi adotado para descrever a capacidade de resistir aos impactos negativos da vida.

Salvador Celia deixa a mulher, Isabel, os irmãos Cláudio, João Paulo e Flávio, além de sobrinhos, amigos e colegas de profissão. O velório ocorreu no Crematório Metropolitano, na Capital, e a cerimônia de cremação foi realizada no dia 10 de julho de 2009, às 15h.


Notícia original:

http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a2575336.xml&template=3898.dwt&edition=12685§ion=1003

O portal Psiquiatria Infantil.com.br já recebeu

45.946.956 visitantes